terça-feira, 15 de novembro de 2011

Resumo do filme visionado na aula de A.I. (15-11-2011)

Plano de relatório de visionamento de filme


1. Introdução

_ Data do visionamento do filme;

_ Local;

_ Título do filme;

_ Realizador;

_ Ano de realização;

_ Personagens principais;

_ Motivação: razões do visionamento; ligação entre a temática das aulas e a temática do filme.

2. Desenvolvimento

_ Breve síntese da história;

_ Momentos do filme considerados mais importantes;

_ Momentos que têm mais ligação com a matéria das aulas;

_ Momentos do filme que originaram maior debate de ideias;

_ Síntese das ideias expressas no debate realizado após o visionamento;

3. Conclusão

_ Opinião pessoal ou de grupo sobre o filme;

_ Grau de satisfação das expectativas pessoais e do grupo;

_ Sugestões para futuras sessões.

4. Anexos

_ Ficha técnica completa do filme;

_ Críticas sobre o filme.

10 comentários:

  1. Filipe Silva Pro10 nrº203 de janeiro de 2012 às 07:29

    O filme que vimos na aula falava acerca de uma turma problemática e de uma professora que estava empenhada em ajuda-los a recuperar as notas e a melhorar a sua vida.
    O filme começou pela adaptação da nova professora à escola, aos seus alunos e aos seus colegas de trabalho. A primeira aula da nova professora correu mal, ela não conseguiu fazer-se ouvir e teve problemas entre gangs durante a aula. A professora ficou desiludida, mas mesmo assim tentou arranjar forma para puder ajudar os adolescentes a melhorarem o seu estilo de vida e as suas notas.
    A ajuda da professora não foi bem aceite pelos alunos, pois estes estranhavam a solidariedade dela por os restantes professores os colocarem de parte, e estes começaram a tratar mal a professora. Esta não desiste, arranjando maneira para conseguir levar os seus alunos a uma visita de estudo para lhes mostrar um “ mundo” diferente daqueles que eles conheciam. Depois da visita, os alunos mostram-se mais à vontade para com a professora, mas mesmo assim, ainda não acreditam no apoio da professora para com eles. Esta decide fazer um jogo com os alunos para conhece-los melhor, para eles se conhecerem melhor. O jogo funciona. A professora oferece uma espécie de diário para os alunos escreverem todos os dias sobre aquilo que quisessem. Ao princípio ninguém gosta da ideia, mas todos acabam por escrever e aceitar que a professora os leia. Esta fica sensibilizada com aquilo que eles escrevem.
    Os alunos adaptam-se à professora e começam a empenhar-se nas aulas, tirando melhores notas. E percebem assim daquela forma que são como todos os outros alunos e podem um dia viver sem violência, tendo uma vida digna.

    ResponderEliminar
  2. André pro10 nº2

    O filme que vimos na aula fala acerca de uma turma com problemas entre gangs e de uma professora recém-chegada a escola e que estava disposta a ajuda-los a recuperar as notas e a melhorar a vida
    O filme começa com a chegada da nova professora à escola, a primeira aula correu mal, ela não consegui fazer-se ouvir e teve problemas entre os gangs durante a aula. A professora ficou desiludida com a turma mas mesmo assim não desistiu, tentou mesmo assim arranjar forma de ajudar os alunos a melhorarem o seu estilo de vida e as suas notas.
    A ajuda da professora não foi bem aceite pelos alunos, pois estes estranhavam a solidariedade dela, por os restantes professores meterem de parte os alunos, e eles começaram a “tratar mal” a professora. Mesmo assim ela não desiste, e tentou levar os seus alunos a uma visita de estudo para lhes amostrar um “mundo” diferente do que eles conheciam. Depois da visita os alunos começaram a estar mais a vontade com a professora, mas mesmo assim não acreditavam no apoio da mesma. Então ela decide fazer vários jogos e um dele era escrever um diário para conhece-los melhor. O jogo consistia em eles escrevem numa espécie de diário, (que a professora ofereceu) em que todos os dias escreviam aquilo que quisessem, ou até mesmo fazer desenhos. No princípio ninguém gostava da ideia, mas todos acabaram por aceitar em escrever e a professora lê-los, no fim do dia ele vê o armário cheio com os diários e começa a ler, acaba por ficar sensibilizada com aquilo que eles escrevem.
    Os alunos adaptaram-se à professora e começaram a empenhar-se nas aulas, e até já não se separavam por gangs. E percebem que são como os outros alunos e podiam viver um dia sem violência, tento uma vida digna.
    A professora também consegue com que eles lessem um livro, que a directora não quis emprestar os livros, e a inveja da directora começou a crescer, porque viu que a professora conseguiu fazer o que nenhum professor tinha feito anteriormente.
    No fim do segundo ano a professora disse que não podia continuar porque era nova e havia professores com mais anos. Mas mesmo assim não desistiu e tentou tudo até conseguir continuar a dar aulas aos alunos. Eles ficam muito contentes porque a professora era até considerada uma mãe para algum deles.

    Este filme da muito que pensar e ensina-nos a nunca desistir daquilo que queremos, e que não importa cor de pele, nacionalidade ou a língua, mas sim o interior de cada um.

    ResponderEliminar
  3. Bárbara Gonçalves Pro10 nº5

    No dia 15-11-2011, na aula de A.I., visionamos o filme “Páginas da liberdade”
    O realizador é o Richard LaGravenese, em 2007 foi o seu ano de realizaçao nos EUA, Alemanha.
    Personagens principais: Hilary Swank, Patrick Dempsey, Scott Glenn, Imelda Staunton, April L. Hernandez, Mario, Kristin Herrera, Jaclyn Ngan, Sergio Montalvo, Jason Finn, Deance Wyatt, Vanetta Smith, Gabriel Chavarria, Hunter Parrish.
    Através de um olhar crítico sobre um sistema educativo e baseado num caso verídico de uma professora, o filme conta-nos a história de um grupo de jovens de um bairro problemático e de uma professora de inglês que lhes dá o que eles mais precisam: uma voz própria. Numa escola dominada pela violência e tensão racial, esta professora vai travar uma batalha para fazer com que a sala de aula passe a ter importância na vida destes estudantes. Contando as suas próprias histórias e ouvindo as histórias dos outros, estes jovens irão mudar os seus mundos.

    No filme, a professora Erin Gruwell (Hilary Swank) assume uma turma de alunos problemáticos de uma escola que não está nem um pouco disposta a investir ou mesmo acreditar neles.

    No começo a relação da professora com os alunos não é muito boa. A professora é vista como representante do domínio dos brancos nos Estados Unidos tal como os outros professores. Suas iniciativas para conseguir vencer as barreiras encontradas na sala de aula vão aos poucos resultando em frustações.
    Mesmo não contando com o apoio da direção da escola e dos restantes professores, ela acredita que há possibilidades de superar as dificuldades sociais e étnicas ali existentes. Para isso cria um projeto de leitura e escrita, iniciada com o livro " O diário de Anne Frank" em que os alunos poderão registrar em cadernos personalizados o que quiserem sobre suas vidas. Ao princípio ninguém gosta da ideia, mas todos acabam por escrever e aceitar que a professora os leia. Esta fica sensibilizada com aquilo que eles escrevem.
    Os alunos adaptam-se à professora e começam a empenhar-se nas aulas, tirando melhores notas. Ao criar um elo de contato com o mundo Erin fornece aos alunos um elemento real de comunicação que permite ao mesmo se libertarem de seus medos, anseios, aflições e inseguranças.
    E percebem assim daquela forma que são como todos os outros alunos e podem um dia viver sem violência como soluçao dos problemas.

    Ficha Técnica:

    Escritores da Liberdade
    (Freedom Writers)
    País/Ano de produção: EUA/Alemanha, 2007
    Duração/Gênero: 123 min., Drama
    Direção de Richard LaGravenese
    Roteiro de Richard LaGravenese, Erin Gruwell, Freedom Writers
    Elenco: Hillary Swank, Patrick Dempsey, Scott Glenn, Imelda Staunton, April Lee Hernandez, Kristin Herrera, Jacklyn Ngan, Sergio Montalvo, Jason Finn, Deance Wyatt.

    Críticas sobre o filme:

    Bom, gostamos por que fala de uma professora que defende os direitos ,que luta por algo que ela quer, a igualdade social., Mas percebe que não vai ser nada facil, mas se mostra uma mulher muito persistente.Na escola há um imenso conflito entre gangues, então decide unilos e começa a ver o cotidiano deles e como são enxergados pela sociedade. Eles começam a enxergala como uma pessoa nova, uma mãe como eles dizem que apenas quer ajudalos, mas ela fica fixa demais e acaba esquecendo da sua propia familia. O 2ºano esta acabando e ela luta para que continue com eles, por que agora eles formam juntos uma familia.

    ResponderEliminar
  4. Diogo.s n-11 pro 10

    O filme que vimos na aula falava acerca de uma turma de gangs. A professora estava empenhada em ajuda-los e a recuperar as notas e a melhorar a sua vida.
    Começou pela chegada de uma nova professora à escola, A professora ficou triste com os alunos, mas mesmo assim tentou arranjar forma para puder ajudar os mesmos a melhorarem o seu estilo de vida e as suas notas.
    A ajuda da professora não foi bem aceite pelos alunos, pois estes estranhavam a solidariedade dela por os restantes professores os colocarem de parte, e estes começaram a tratar mal a professora. Esta não desiste, arranjando maneira para conseguir levar os seus alunos a uma visita de estudo para lhes mostrar um “ mundo” diferente daqueles que eles conheciam. Depois da visita, os alunos mostram-se mais à vontade para com a professora, mas mesmo assim, ainda não acreditam no apoio da professora, decide fazer um jogo com os alunos para conhece-los melhor. A professora oferece um diário aos alunos para escreverem todos os dias sobre aquilo que quisessem. Ao princípio ninguém gosta da ideia, mas todos acabam por escrever e concordar que a professora os leia. Esta fica sensibilizada com aquilo que eles escrevem.
    Os alunos adaptaram-se à professora e começam a empenhar-se nas aulas, tirando melhores notas. E percebem assim daquela forma que são como todos os outros alunos e podem um dia viver sem violência, tendo uma vida melhor.
    Assim os alunos começaram a ter uma vida diferente daquela que tinham.

    ResponderEliminar
  5. Cristiano nº8 pro10



    O filme que vimos na aula falava acerca de uma turma problemática. A professora estava empenhada em ajuda-los e a recuperar as notas e a melhorar a sua vida.
    Chegou uma nova professora à escola, A professora ficou triste com os alunos, mas mesmo assim tentou arranjar forma de os puder ajudar a eles mesmos a melhorarem o seu estilo de vida e as suas notas.
    A ajuda da professora ao princípio não foi bem aceite pelos alunos, pois estes estranhavam simpatia dela por os restantes professores os colocarem de parte, e estes começaram logo por tratar mal a professora. Esta mesma professora não desistiu, arranjando maneira para conseguir levar os seus alunos a uma visita de estudo para lhes mostrar um o que era verdadeiramente o “ mundo” daquele que eles conheciam. Depois da visita, os alunos mostram-se mais empenhados e ficaram mais a vontade para com a professora, mas mesmo assim, ainda não acreditaram no apoio da professora, essa mesma decide fazer um jogo com os alunos para conhece-los melhor. A professora oferece um diário onde os alunos pudessem escrever as suas histórias. Os alunos todos os dias falavam, sobre aquilo que quisessem. Ao princípio ninguém gosta da ideia, mas todos acabam por escrever as suas histórias e acabaram por concordar que a professora os leia. Esta fica sensibilizada com aquilo que eles escrevem.
    Os alunos afeiçoaram-se à professora e começam a empenhar-se nas aulas, tirando melhores notas. E percebem assim da melhor forma que são como todos os outros alunos e podem um dia viver sem violência e racismo.

    ResponderEliminar
  6. Daniel dias n-9 pro 10


    O filme que visualizamos na aula fala sobre uma turma com problemas e a professora que estava empenhada em ajudar a recuperar as suas notas e a melhorar a sua vida.
    O filme começou pela chegada da nova professora à escola, aos seus alunos e aos seus colegas de trabalho. A primeira aula da nova professora correu mal, ela não conseguiu fazer-se ouvir e teve problemas entre gangs durante a aula. A professora ficou triste, mas mesmo assim tentou arranjar forma para ajudar os alunos a melhorarem o seu estilo de vida e as suas notas.
    A ajuda da professora não foi bem aceite pelos alunos, pois eles estranhavam a solidariedade dela por os restantes professores os colocarem de parte, e estes começaram a tratar mal a professora. Esta não desiste, arranjando maneira para conseguir levar os seus alunos a uma visita de estudo para lhes mostrar um “ mundo” diferente daqueles que eles conheciam. Depois da visita, os alunos mostram-se mais à vontade para com a professora, mas mesmo assim, ainda não acreditam no apoio da professora para com eles. Esta decide fazer um jogo com os alunos para conhece-los melhor, para eles se conhecerem melhor. A professora oferece uma espécie de diário para os alunos escreverem todos os dias sobre aquilo que queriam. Ao princípio ninguém gosta da ideia, mas todos acabam por escrever e aceitar que a professora os leia. Esta fica sensibilizada com aquilo que eles escrevem.
    Os alunos adaptam-se à professora e começam a empenhar-se nas aulas, tirando melhores notas. E percebem assim daquela forma que são como todos os outros alunos e podem um dia viver sem violência, tendo uma vida melhor .

    ResponderEliminar
  7. O filme que vimos na aula falava acerca de uma turma de gangs,uma turma muito problumatica. A professora estava empenhada em ajuda-los e a recuperar as notas e a melhorar a sua vida.
    Começou pela chegada de uma nova professora à escola, A professora ficou triste com a turma, mas mesmo assim tentou arranjar forma para ajudar os alunos a melhorarem o seu estilo de vida o comportamenro e a melhorar a vida escolar.
    A ajuda da professora não foi bem aceite pela a turma, pois os alunos estranhavam a solidariedade da professora, porque com os outros professores era totalmente diferente porque colocavam de parte a turma. os alunos começaram a tratar mal a professora. a professora não desistio dos alunos, arranjando maneira para conseguir levar a turma a uma visita de estudo para lhes mostrar o verdadeiro “ mundo” diferente daquele mundo que eles viviam. Depois da visita, os alunos mostram-se mais à vontade para com a professora, mas mesmo assim, ainda não acreditam no apoio da professora, decide fazer um jogo com os alunos para conhece-los melhor. A professora oferece um diário aos alunos para escreverem todos os dias sobre aquilo que quisessem. Ao princípio ninguém gosta da ideia, mas todos acabam por escrever e concordam que a professora leia os diarios dos alunos.Esta fica sensibilizada com aquilo que eles escrevem.
    Os alunos adaptaram-se à professora e começam a empenhar-se nas aulas, tirando melhores notas. E percebem assim daquela forma que são como todos os outros alunos e podem um dia viver sem numa sociadade sem conflitos,pressoes e muitos outros problemas, tendo uma vida melhor.e os alunos com ajuda da professora começaram a ter uma vida mais perfeita.

    júlio teixeira

    ResponderEliminar
  8. bruno costa
    O filme que vimos na aula falava acerca de uma turma problemática e de uma professora que estava empenhada em ajuda-los a recuperar as notas e a melhorar a sua vida.
    O filme começou por uma nova professora . A primeira aula com uma turma problumatica correu muitomal, ela não conseguiu fazer-se ouvir e teve problemas entre gangs durante a aula. A professora ficou desiludida, mas mesmo assim tentou arranjar forma para puder ajudar os adolescentes a melhorarem o seu estilo de vida e as suas notas.
    A ajuda da professora não foi bem aceite pelos alunos, pois estes estranhavam a solidariedade dela. porque todos os outros professores colocavam a turma de lado por ser uma turma problumatica, e estes começaram a tratar mal a professora. Esta não desiste, arranjando maneira para conseguir levar os seus alunos a uma visita de estudo para lhes mostrar um “ mundo” diferente daqueles que eles conheciam. Depois da visita, os alunos mostram-se mais à vontade para com a professora, mas mesmo assim, ainda não acreditam no apoio da professora para com eles. Esta decide fazer um jogo com os alunos para conhece-los melhor, para eles se conhecerem melhor. O jogo funciona. A professora oferece um diário para os alunos escreverem todos os dias sobre aquilo que quisessem. Ao princípio ninguém gosta da ideia, mas todos acabam por escrever e aceitar que a professora os leia. Esta fica sensibilizada com aquilo que eles escrevem.
    Os alunos adaptam-se à professora e começam a empenhar-se nas aulas, tirando melhores notas e tendo melhor comportamento,E percebem assim daquela forma que são como todos os outros alunos e podem um dia viver sem problemas e serem pessoas normais tendo uma vida sem conflitos e problemas.

    ResponderEliminar
  9. José lima Nº16 Pro 10




    Eu não estive presente neste dia, mas o visionamento do filme foi no dia 15-11-2011, na aula de A.I., e o filme que foi mostrado foi o: “Páginas da liberdade”
    Realizador é o Richard LaGravenese, em 2007 foi o seu ano de realização nos EUA, Alemanha.
    Personagens principais: Hilary Swank, Patrick Dempsey, Scott Glenn, Imelda Staunton, April L. Hernandez, Mario, Kristin Herrera, Jaclyn Ngan, Sergio Montalvo, Jason Finn, Deance Wyatt, Vanetta Smith, Gabriel Chavarria, Hunter Parrish.
    Como eu não pude estar presente na aula, quando mostraram o filme, informei-me sobre o título do filme e pela internet vi o filme. Aqui está o resumo: Este filme falava sobre uma turma muito problemática e de uma professora que estava aplicada a ajuda-los a subir as notas e a melhorar a sua vida.
    Começou pela sua adaptação à escola, aos seus alunos e aos seus colegas de trabalho. A primeira aula que essa nova professora deu correu mal, ela não conseguiu fazer-se ouvir e teve problemas entre gangs durante a aula. Ficou triste e desiludida, mas ainda assim tentou arranjar forma para puder ajudar os seus alunos a melhorar o seu estilo de vida e as suas notas.
    Esta ajuda da professora não foi bem aceite pelos alunos, pois eles estranhavam a solidariedade dela porque os outros professores colocavam-os de parte, e eles por causa do que os outros professores faziam, começaram a tratar mal a professora. Ela mesmo assim não desiste, com vontade de conseguir motiva-los e faze-los melhorar as suas vidas, foi tentando arranjar maneira de conseguir levar os seus alunos a uma visita de estudo, para lhes mostrar um “ mundo” diferente do que eles conheciam. A seguir á visita, os seus alunos demostram mais à vontade com a professora, mas mesmo assim, continuavam a não acreditar no apoio que a professora tinha para com eles. Assim, ela decide fazer um jogo com os alunos para conhece-los melhor. O jogo correu bem. Ela (a professora) oferece um caderno (com um estilo de um diário) para os eles escreverem todos os dias o que sentissem ou o que quisessem. No início essa ideia, não agrada a nenhum deles, mas eles la acabam por escrever e vão aceitando que a professora os vá lendo. A professora ficou comovida com o que eles escrevem.
    Eles adaptaram-se à professora e assim começam a aplicar-se nas aulas, conseguindo tirar boas notas. Assim percebem, que daquela forma, eles são como todos os outros alunos e podem tirar boas notas, e ter uma boa vida, ao ter um dia sem violência, sendo como um adolescente normal.
    Este filme, eu já o tinha visionado antes de a professora ter posto na aulas, é um filme muito bonito que da muito que pensar e ensina-nos a não desistir daquilo que queremos, e que também não importa, nem nunca irá importar a cor da sua pele, a sua nacionalidade ou a sua língua, mas sim o que cada um vale por dentro.

    ResponderEliminar
  10. No âmbito da disciplina de AI ( área de integração), no dia 15/11/2011 visionamos um filme na sala de aula cujo o titulo é “Páginas da Liberdade”.
    O realizador é Richard LaGravenese, nascido a 30 Outubro 1959, Brooklyn, New York, USA. Este filme foi realizado em 2007, tem como personagens principais Erin Gruwell professora (Hilary Swank), Margaret Campbell (Imelda Staunton), Scott Casey marido da professora Erin (Patrick Dempsey), Steve pai da professora Erin (Scott Glenn), e os alunos Eva (April L. Hernandez), Sindy (Jacklyn Ngan), Gloria (Kristin Herrera), Andre Bryant (Mario Barrett), Alejandro (Sergio Montalvo), Marcus (Jason Finn), Jamal (Deance Wyatt), Brandy (Vanetta Smith), Tito (Gabriel Chavarria), Ben (Hunter Parrish), Miguel (Antonio García), Victória (Giovonnie Samuels).
    O visionamento deste filme é assaz importante, pois fala acerca de tribos urbanas, um tema que estamos a abordar neste módulo1-tema 2. Visionamento este que facilita bastante a nossa aprendizagem porque nos dá algum mais concreto sobre a temática.
    O filme relata a história de uma professora que está a exercer a profissão pela primeira vez, para além disso ainda tem o azar de dar as suas primeiras aulas a uma turma muito problemática. As suas aulas inicialmente são demasiado complicadas, porque existem vários tipos de cultura dentre de uma sala de aula o que gera bastante rivalidade entre alunos.
    No entanto Erin Gruwell (professora) não desiste á primeira dificuldade, o que mostra ser determinada e lutadora. Esta fica bastante sensibilizada com a vida problemática que os seus alunos têm e tenta ajuda-los a melhorem as suas notas para que no futuro possam ter uma vida melhor. Porém estes primeiramente não querem aceitar o auxilio da professora e ainda a vêem como uma representante dos “brancos” o que a deixa desiludida. Contudo a persistência dela leva-a a continuar. Com o passar do tempo os alunos começam a vê-la com outros olhos e a participar nas actividades propostos por ela, tais como: jogos na sala de aula, a escrita de um diário…
    A professora está tão empenhada a mudar a vida destes adolescentes que até com a ajuda do seu pai steve organiza uma visita de estudo, para que estes têm a percepção do que é o mundo fora dos seus bairros, fora daquela enorme violência lá instalada.
    Erin está cada vez mais perto de conseguir o seu objetivo, porém aos poucos está a destruir a sua relação amorosa, pois leva para casa os problemas profissionais, o que não deixa o seu marido satisfeito. Todavia ela não deixa para trás os seus alunos e abdica da sua própria relação, demonstrando que fará de tudo para que estes sejam felizes.
    Com a leitura do livro “O Diário de Anne Frank”, os alunos mostram que a cada dia que passa estão mais empenhados a melhorarem a sua vida e por incrível que pareça estes até organizam várias actividades para angariarem dinheiro a fim de trazerem à sua escola a senhora que escondeu Anne Frank.
    Em suma a professora conseguiu mudar a vida destes adolescentes, e fazer com que estes no futuro não sejam uns delinquentes.
    A meu ver os momentos mais marcantes do filme foram: A visita de estudo e o plano de leitura do livro “O Diário de Anne Frank” pois mostra toda a sua iniciativa da professora e converter estes futuros “marginais” em pessoas formadas e civilizadas.
    A diferença de cultura está presente em todo o filme, penso que este facto é o que mais ligação tem com a temática das aulas.
    Para finalizar gostei imenso do filme, por este ser verídico e porque mostrou que mesmo as pessoas mais teimosas e mais revoltadas conseguem mudar a sua vida, a sua forma de pensar e de agir. Contudo gostei particularmente da força de vontade e da iniciativa da professora Erin Gruwell, pois após tantos obstáculos é incrível como conseguiu unir uma turma com tantas culturas diferentes. É de enaltecer a enorme persistência desta.
    Um debate de ideias entre a turma é a meu ver uma boa sugestão para uma futura sessão.

    ResponderEliminar